5 dicas para começar a atender por videochat

As relações humanas estão ficando cada vez mais impessoais, e isso incomoda muita gente. Até por isso, muitas tecnologias têm surgido para aproximar novamente as pessoas, nem que seja no mundo virtual. Vide o FaceTime, da Apple, e os novos recursos de voz e vídeo do Whatsapp. A gigante Amazon entrou na brincadeira com o Mayday, canal de atendimento por vídeo nativo do tablet Kindle Fire, que foi e continua sendo um enorme sucesso.

No mundo do e-commerce, o atendimento por vídeo traz à loja virtual a mesma pessoalidade, ajuda e simpatia do bom e velho vendedor nas lojas físicas. Se bem utilizado, ele pode contribuir fortemente para o aumento de vendas e para a reputação da sua marca. Mas é preciso tomar certos cuidados na hora de preparar a central de atendimento para aproveitar todo o potencial do videochat. Confira a seguir algumas dicas!

Organize o local de atendimento

5 dicas para começar a atender via vídeo

A baia ou mesa do atendente de videochat deve passar uma ótima imagem para o cliente. Como ele vai poder ver o local onde o atendente está, o espaço deve transmitir organização e profissionalismo. A mesa de trabalho não pode ter bagunça, como restos de comida, folhas soltas, papeis de bala ou qualquer tipo de sujeira. O ambiente atrás do atendente também será visto, então vale a pena prestar atenção a ele. Se for uma parede lisa, que tal aplicar adesivos com a logo da sua empresa, ou imagens e frases que representem a sua personalidade?

Tome cuidado com a iluminação

5 dicas para começar a atender via vídeo

Se o cliente optou pelo videochat, pega mal deixar a iluminação do ambiente de um jeito que seja quase impossível distinguir o atendente do fundo atrás dele. É importante usar luzes de ambiente ou individuais que permitam ver bem o rosto da pessoa, possibilitando o contato visual que é um importante fator de empatia e persuasão. Além disso, uma boa iluminação cria a impressão de mais amplitude e organização ao ambiente.

Prepare adequadamente a parte de áudio

5 dicas para começar a atender via vídeo

Imagine tentar estabelecer uma comunicação tranquila no meio de uma feira. Ou no meio do trânsito. Ou em um canil. Dependendo de onde sua empresa está, conversar com um cliente por voz ou vídeo pode ser tão difícil quanto. Invista em soluções que bloqueiem os ruídos externos, caso sejam extremos, e adquira headsets de boa qualidade, preferencialmente redutores de ruído - às vezes, o burburinho do ambiente de trabalho pode ser tão ou mais prejudicial quanto o barulho lá fora.

Considere a aparência dos colaboradores

5 dicas para começar a atender via vídeo

Não, você não precisa contratar a sua equipe com uma agência de modelos. A questão aqui não é se o atendente é bonito ou feio, e sim que sua aparência seja bem cuidada. Ou seja, cabelos penteados, barbas bem feitas ou aparadas, unhas limpas e cuidadas, uma maquiagem leve, roupas alinhadas. Vale até considerar um uniforme para a equipe de atendimento em vídeo.

Treine adequadamente sua equipe

5 dicas para começar a atender via vídeo

A equipe de video atendimento deve ser treinada como os vendedores de loja. Eles devem estar atentos à sua linguagem corporal, tom de voz, contato visual (no caso, manter o olhar na câmera), postura e expressões faciais, além, é claro, de conhecer a fundo os produtos e serviços comercializados para prestar um atendimento excelente. É importante notar que, no atendimento por vídeo - assim como no presencial - fica muito mais claro quando o funcionário não sabe bem do que está falando ou quando tenta enrolar. Por isso, é importante treiná-los com capricho e frequencia.

Com esses cuidados, o videochat pode se tornar um grande diferencial no seu atendimento. E você, já considerou usar essa tecnologia? Porque? Compartilhe seus pensamentos com a gente nos comentários!


Quer receber mais artigos como esse?